12 de março de 2011

Vergonha alheia: Superman e os coelhos falantes

Ás vezes fico me perguntando, porque a DC Comics faz essas coisas... o que leva uma editora tão séria e respeitada a fazer coisas desse tipo... porque expor seus personagens ao ridículo... tudo bem... ok! Chega de reticências. Foi cavacando algumas curiosidades sobre o Superman que achei essas pérolas que vou mostrar agora e que vão explicar o meu desabafo no início desta postagem.
Muito antes de a Warner comprar a DC Comics, o Superman já andava às voltas com o coelho Pernalonga e - isso é realmente sério - foi parceiro do coelho do achocolatado Quik, que hoje está ligado a Nestlé. Sem esquecer de mencionar que em uma outra revista ele foi coadjuvante na historia do Capitão Cenoura. Agora dá pra entender o meu lamento não é?
Pois bem, tudo começou com a minha busca pelos supervilões do Superman, foi quando esbarrei no blog Antimonitor HQs e encontrei informações sobre o crossover entre o coelho Quik e o Homem de Aço. Não precisei me aprofundar muito e descobri as outras duas aventuras do Superman - uma delas com toda a Liga da Justiça - com coelhos e outros personagens menos heróicos.
Superman e Pernalonga uniram forças em uma minissérie em quatro partes, lançada em 2000. Os principais personagens da Looney Tunes se juntaram a Liga da Justiça contra o vilão Mxyzptlk. O roteiro é de Mark Evanier (Groo).
Na década de 1940, o Superman  se juntou ao Capitão Marvel, quando este ainda pertencia à Fawcett Comics e encontrou Hoppy, o Coelho Marvel. Mas o troféu de "vergonha alheia" vai para o encontro entre o Superman e o Coelho Quik, do achocolatado do mesmo nome - eu particularmente prefiro o de morango. A revista foi uma promoção da Nestlé em 1987, Quik e o Superman enfrentam um supervilão e ensinam às crianças o quanto os produtos da marca são saudáveis, nutritívos e blá, blá blá.
Pois é, quando você acha que as coisas estão ruins, lembre-se: sempre pode piorar.
Com aquela zona toda que a DC Comics fazia antes da Crise nas Infinitas Terras, era de se esperar que existisse uma Terra com personagens assim. O famigerado Capitão Cenoura era um personagem, digamos, regular da DC. O "herói" fez sua primeira aparição em The New Teen Titans #16 (1982), e foi criado por Roy Thomas e Scott Shaw. Ele pertencia a uma das Terras paralelas, a Terra-C. O coelho ganhou ainda uma série: Captain Carrot and His Amazing Zoo Crew. Logo na primeira edição aconteceu o encontro com o Superman. A criatura retornou na minissérie Captain Carrot and the Final Ark, de 2007, nela, após a criação do novo Multiverso DC - olha a bagunça aí de novo -, os personagens passaram a residir na Terra-26.
Agora os fãs da Marvel Comics podem começar a se preparar para rasgar a casa do Superman, Batman e Mulher Maravilha e dizer bem alto que na Marvel esse tipo de coisas jamais aconteceria... pois é... olha aí as minhas reticências de novo... fazer o quê...

4 comentários :

VELOSO disse...

Maravilhosamente ridiculo superhomem e coelho do QUIK!

PRMoSA disse...

Cara, tem coisa dos anos 2000!!! Espero que as vergonhas do Batman tenham se restringido apenas às décadas pré-60(no máximo 70).

Paulo disse...

Falando em vergonha alheia, o que Kevin Costner e a Kriptonita tem em comum? Ambos começam com a letra K e podem estar no próximo filme(o ator estará, com ctz). Com a qualidade cênica do futuro Papai Kent, espero q não se acrescente "destruir o Azulão" à lista de similaridades...

Paulo disse...

E complementando sobre pessoas dando as caras, precisava escrever essa já que foi divulgado a algumas horas: Joseph Gordon-Levitt(A Origem, G.I. Joe) tá dentro de The Dark Knight Rises . Mtos estão apostando nele como Charada. O primeiro personagem q me veio a mente foi Robin, embora saiba que seria mto improvável. Esperar pra ver.